homem-enfrenta-tanquesNa manhã de 5 de junho de 1989, enquanto o Exército Vermelho controlava completamente Pequim, o fotógrafo Charlie Cole capturou uma das imagens mais marcantes do século XX: o ato de desafio, desespero e coragem do jovem que, desarmado, se colocou à frente de uma fileira de tanques blindados que se deslocavam em direção a Tiananmen.

Como o homem travou a passagem e permaneceu defronte o tanque, o blindado nada pode fazer a não ser desligar o motor. O jovem então, em outro ato desesperado, sobe ao tanque e pronuncia algumas palavras direcionadas ao condutor.

A foto capturada por Cole do alto de um apartamento foi publicada na revista Newsweek e ganhou o World Press Photo daquele ano e o Prêmio Pulitzer de 1990.

Em 1998, a revista Time, apontou o homem do tanque (o jovem nunca foi identificado) como uma das 100 pessoas mais influentes do século XX e a Life classificou a imagem como uma das 100 fotografias que mudaram o mundo.

Ainda hoje, o momento eternizado por Cole é reconhecido como um ícone na luta por liberdade e paz.

Em entrevista concedida à BBC, o fotógrafo falou sobre a imagem que mudou a sua vida: “ Para o meu espanto, o tanque que vinha na frente parou e tentou contornar, mas o rapaz se colocou na frente dele de novo. Finalmente a polícia secreta o pegou e o levou consigo. Stuart e eu nos olhamos um tanto incrédulos do que acabávamos de ver e fotografar”.

Comentários estão fechados.